Prefeitura Municipal de Canela

Secretaria de Turismo e Conselho de Cultura organizam cadastro para auxílio a artistas e espaços

02/07/2020

A Secretaria Municipal de Turismo e Cultura e o Conselho Municipal de Políticas Culturais de Canela (CMPCC) farão um cadastro antecipado dos trabalhadores da cultura e dos espaços e centros culturais independentes atuantes no município, enquadrados nos critérios da Lei Aldir Blanc. A regulamentação de nº 14.017 foi sancionada segunda-feira (29) pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

O cadastro estará aberto a partir da próxima quarta-feira (8), no site canela.com.br, no ícone “Lei Aldir Blanc”. A legislação prevê que seja pago um auxílio de três parcelas mensais de R$ 600 consecutivas aos trabalhadores. Já aos espaços, os subsídios mensais variam entre R$ 3 mil e R$ 10 mil para a manutenção, com regras de transparência e prestação de contas e contrapartida voltada, prioritariamente, a alunos da rede pública, após a reabertura. Outro mecanismo de apoio previsto pela lei federal será por meio de editais, chamadas públicas, prêmios, aquisição de bens e serviços vinculados ao setor cultural.

Os recursos sairão do Fundo Nacional de Cultura, conforme a contabilização de superávit até 31 de dezembro de 2019. Serão R$ 3 bilhões que a União vai dividir entre estados, municípios e o Distrito Federal. Porém, tanto a Secretaria como o CMPCC aguardam regulamentação federal sobre o repasse aos beneficiários. “Mas nós estamos nos antecipando pelo Conselho. O objetivo é ter todos cadastrados para, assim que vier o dinheiro, a Secretaria repassar sem demora”, diz o presidente do CMPCC, Fernando Martinotto.

O valor para cada município é definido pela quantidade populacional (80%) e pelo Fundo de Participação dos Municípios (20%), segundo critérios estabelecidos pelo Governo Federal. Para Canela, estão estimados R$ 335 mil.

“Os artistas e espaços de Canela sofreram muito com as medidas de restrição, ainda mais eles, por estarem envolvidos o ano todo numa cidade que produz constantemente eventos na área cultural. É muito bom que venha essa ajuda, e nós vamos fazer a nossa parte para que eles possam receber logo”, diz o secretário municipal de Turismo e Cultura Ângelo Sanches.

Texto: Márcio Cavalli – Foto: Taís Berti/arquivo

QUEM PODE RECEBER

– Artistas, contadores de histórias, produtores, técnicos, curadores, trabalhadores de oficiais culturais e professores de escolas de arte e capoeira.

REQUISITOS

– Ter trabalhado ou atuado na área artística nos 24 meses anteriores à data da publicação da lei;

CADASTRO

– A partir do dia 8 de julho, pelo site canela.com.br, no ícone Lei Aldir Blanc.

Last modified: 02/07/2020

Comments are closed.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support