Prefeitura Municipal de Canela

Vigilância Sanitária orienta estabelecimentos sobre medidas contra a covid-19

27/04/2020

A Secretaria Municipal de Saúde de Canela, por meio da Vigilância Sanitária, vem realizando visitas de orientação em diversos estabelecimentos, reforçando as orientações sobre as novas regras de prevenção e combate ao novo coronavírus (covid-19). O departamento exerce papel fundamental, pois tem a responsabilidade de fiscalizar e orientar os estabelecimentos que estão em funcionamento, averiguando sempre se há condições sanitárias para o desempenho de sua atividade.

Entre as tarefas realizadas pela equipe, está a verificação do cumprimento de um decreto municipal e de um decreto e de uma portaria do Estado. “Orientar e estabelecer parâmetros técnicos aos profissionais e estabelecimentos voltados aos diversos serviços de saúde, de interesse à saúde e alimentos, de forma a diminuir risco de contágio do coronavírus são alguns dos nossos objetivos nas visitas”, explica Luciano Perotoni, fiscal sanitário.

“A maior preocupação da Vigilância Sanitária é orientar e adequar os estabelecimentos sobre os procedimentos técnicos corretos e as medidas de prevenção da transmissão da covid-19. Isso agrega valor às empresas e estabelecimentos, pois a maioria dos responsáveis pelos locais trabalha cumprindo as medidas de prevenção”, destaca o secretário de Saúde Vilmar Santos.

ORIENTAÇÕES DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA AOS ESTABELECIMENTOS

RESTAURANTES, LANCHERIAS E BARES

– Proibido o funcionamento nos restaurantes, lancherias e afins o sistema de self-service e bufê;

– vedado o consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos e em estabelecimentos comerciais;

– higienizar as superfícies de toque, materiais e ambientes com álcool 70%, água sanitária ou outro produto antisséptico ou sanitizante adequado;

– dispor de álcool em gel 70% e kit de higiene (sabonete líquido e toalhas de papel) para clientes e funcionários;

– manter todas as áreas ventiladas;

– observar a limitação de clientes na proporção de 30% da sua capacidade máxima prevista no alvará de funcionamento ou no PPCI, e garantir o distanciamento das mesas em, no mínimo, dois metros;

– manter distância mínima de 2 metros entre cada pessoa nas filas na área externa do estabelecimento;

– fixar horários ou setores exclusivos para clientes com idade superior ou igual a 60 anos e aos de grupos de risco;

– utilização de EPI – Equipamento de Proteção Individual EPI (máscaras de TNT ou algodão) pelos funcionários encarregados de preparar e servir alimentos e pelos funcionários com contato direto ao público. As máscaras devem ser trocadas segundo os protocolos estabelecidos pelas autoridades de saúde;

– instruir os funcionários acerca da obrigatoriedade da adoção de cuidados pessoais para prevenção da covid-19;

– adotar sistemas de escalas, revezamento de turnos e alterações de jornadas para reduzir aglomerações de seus funcionários;

– afastar imediatamente, pelo período mínimo de 14 dias, funcionários que apresentem sintomas de covid-19, e aqueles que tenham contato ou convívio direto com caso suspeito ou confirmado;

– manter fixadas, em local visível aos clientes e funcionários, as informações sanitárias sobre higienização e cuidados para a prevenção contra a covid-19.

TELE-ENTREGA

– Deve atender as questões básicas de higiene e segurança, especialmente em relação às embalagens e aos equipamentos de uso pessoal do atendente;

– entregadores devem utilizar EPI’s e realizar cuidados contra a covid-19.

COMÉRCIO EM GERAL

– Higienizar as superfícies de toque, materiais e ambientes com álcool 70%, água sanitária ou outro produto antisséptico ou sanitizante adequado;

– dispor de álcool em gel 70% e kit de higiene (sabonete líquido e toalhas de papel) para clientes e funcionários;

– manter todas as áreas ventiladas e filtros e dutos de ar-condicionado limpos;

– observar a limitação de clientes na proporção de 30% da sua capacidade máxima, prevista no alvará de funcionamento ou no PPCI, e garantir o distanciamento pessoal de no mínimo dois metros;

– manter a distância mínima de 2 metros entre cada pessoa nas filas na área externa do estabelecimento;

– fixar horários ou setores exclusivos para atender os clientes com idade superior ou igual a 60 anos e aos de grupos de risco;

– manter fechados e impossibilitados de uso os provadores e proibir a prova de vestimentas em geral, acessórios, bijuterias, calçados, entre outros;

– não disponibilizar mostruário para prova de cosméticos (batom, perfumes, maquiagens, cremes hidratantes, entre outros);

– realizar a higienização de todos os produtos adquiridos pelos clientes antes da entrega ao consumidor;

– realizar a higienização de todos os produtos expostos em vitrine;

– utilização pelos funcionários, em contato direto com o público, de máscaras de TNT ou algodão, que deverão ser trocadas de acordo com os protocolos estabelecidos pelas autoridades de saúde;

– instruir os funcionários acerca da obrigatoriedade da adoção de cuidados contra a covid-19;

– adotar sistemas de escalas, revezamento de turnos e alterações de jornada para reduzir aglomerações de funcionários e manter a distância mínima de 2 metros entre eles;

– afastar imediatamente, pelo período mínimo de 14 dias, funcionários que apresentem sintomas de covid-19 e aqueles que tenham contato ou convívio direto com caso suspeito ou confirmado;

– manter fixadas, em local visível aos clientes e funcionários, as informações sanitárias sobre higienização e cuidados para a prevenção contra a covid-19.

ACADEMIA DE GINÁSTICA, NATAÇÃO E DANÇA

– Limitar a presença dos alunos na proporção de 1 pessoa para cada 10 m² de espaço disponível para uso e realizações das atividades, limitado a 4 (quatro) pessoas no mesmo momento de utilização;

– dispor de álcool em gel 70% e kit de higiene (sabonete líquido e toalhas de papel) para clientes e funcionários;

– utilização de ventilação natural com aberturas de portas e janelas, durante toda a atividade, evitando a utilização de equipamento de climatização;

– observar a limitação de clientes na proporção de 30% da sua capacidade máxima, prevista no alvará de funcionamento ou no PPCI;

– realizar a higienização completa dos equipamentos e aparelhos após cada utilização e das superfícies de toque, materiais e ambientes com álcool 70%, água sanitária ou outro produto antisséptico ou sanitizante adequado;

– fixar horários ou setores exclusivos para atender clientes com idade superior ou igual a 60 anos e aos de grupos de risco;

– utilização pelos funcionários em contato direto com o público de máscaras de TNT ou algodão, que deverão ser trocadas de acordo com os protocolos estabelecidos pelas autoridades de saúde;

– instruir os funcionários acerca da obrigatoriedade da adoção de cuidados contra a covid-19;

– afastar imediatamente, pelo período mínimo de 14 dias, funcionários que apresentem sintomas de covid-19 e aqueles que tenham contato ou convívio direto com caso suspeito ou confirmado;

– manter fixadas, em local visível aos clientes e funcionários, as informações sanitárias sobre higienização e cuidados para a prevenção contra a covid-19.

INDÚSTRIAS

– Adotar medidas necessárias, relacionadas à saúde, para evitar a transmissão do coronavírus no ambiente de trabalho;

– higienizar, após cada uso, durante o período de funcionamento e sempre quando do início das atividades, as superfícies de toque (mesas, equipamentos, teclados, etc.) e o ambiente (pisos, paredes, forros, etc) com álcool 70%, água sanitária ou outro produto antisséptico ou sanitizante adequado;

– dispor de álcool em gel 70% e kit de higiene (sabonete líquido e toalhas de papel) para clientes e funcionários;

– manter todas as áreas ventiladas e filtros e dutos de ar-condicionado limpos;

– determinar a utilização de Equipamento de Proteção Individual – EPI adequado para os funcionários;

– instruir os funcionários acerca da obrigatoriedade da adoção de cuidados, sobretudo quanto à lavagem das mãos ao fim de cada turno, da utilização de produtos assépticos durante o desempenho de suas tarefas, como álcool em gel 701%, da manutenção da limpeza dos instrumentos de trabalho para prevenção contra a covid-19;

– diminuir o número de mesas ou estações de trabalho de forma a aumentar a separação entre elas, diminuindo o número de pessoas no local e garantindo o distanciamento interpessoal de, no mínimo, dois metros;

– adotar sistemas de escalas, revezamento de turnos e alterações de jornada para reduzir aglomerações de funcionários e manter a distância mínima de 2 metros entre eles;

– afastar imediatamente, pelo período mínimo de 14 dias, funcionários que apresentem sintomas de covid-19 e aqueles que tenham contato ou convívio direto com caso suspeito ou confirmado;

– manter fixadas, em local visível aos clientes e funcionários, as informações sanitárias sobre higienização e cuidados para a prevenção contra a covid-19.

COMÉRCIO DE ALIMENTOS – MERCADOS E SUPERMERCADOS

– Observar a limitação de clientes na proporção de 30% da sua capacidade máxima, prevista no alvará de funcionamento ou no PPCI;

– manter a distância mínima de 2 metros entre cada pessoa nas filas na área externa e interna do estabelecimento, evitando a aglomerações no interior ou na frente do estabelecimento;

– fixar horários ou setores exclusivos para atender clientes com idade superior ou igual a 60 anos e aos de grupos de risco;

– higienizar as superfícies de toque, materiais e ambientes com álcool 70%, água sanitária ou outro produto antisséptico ou sanitizante adequado;

– dispor de álcool em gel 70% e kit de higiene (sabonete líquido e toalhas de papel) para clientes e funcionários;

– manter todas as áreas ventiladas e filtros e dutos de ar-condicionado limpos;

– realizar a higienização de todos os produtos adquiridos pelos clientes antes da entrega ao consumidor;

– utilização pelos funcionários em contato direto com o público, de máscaras de TNT ou algodão, que deverão ser trocadas de acordo com os protocolos estabelecidos pelas autoridades de saúde;

– instruir os funcionários acerca da obrigatoriedade da adoção de cuidados para prevenção contra a covid-19;

– adotar sistemas de escalas, revezamento de turnos e alterações de jornada para reduzir aglomerações de funcionários e manter a distância mínima de 2 metros entre eles;

– afastar imediatamente, pelo período mínimo de 14 dias, funcionários que apresentem sintomas de covid-19 e aqueles que tenham contato ou convívio direto com caso suspeito ou confirmado;

– manter fixadas, em local visível aos clientes e funcionários, as informações sanitárias sobre higienização e cuidados para a prevenção contra a covid-19.

PENALIDADES DIANTE DO DESCUMPRIMENTO

Advertência; interdição; suspensão de venda e/ou fabricação do produto; cancelamento do alvará de licenciamento do estabelecimento; proibição de propaganda e/ou multa.

MAIS INFORMAÇÕES

Pelo telefone (54) 3282.5170.

Last modified: 27/04/2020

Comments are closed.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support