Prefeitura Municipal de Canela

Abertura da Semana da Acessibilidade e Inclusão

22/08/2019

Evento segue até 28 de agosto e conta com atividades inclusivas

Pessoas com deficiência esbarram em obstáculos todos os dias, seja no trabalho ou nas horas de lazer. A 1ª Semana da Acessibilidade e Inclusão de Canela quer debater o assunto e, mais que isso, proporcionar uma semana inteirinha, até 28 de agosto, palestras, apresentações e demonstrações.

Aluna Ana Clara dos Santos da Silva, durante sua apresentação

Na abertura oficial do evento realiza na quarta-feira (21), no auditório da UCS, autoridades e convidados se emocionaram com a da Orquestra da Escola Neusa Mari Pacheco – CIEP que engajada com o evento, realizou uma apresentação com a aluna Maria Clara dos Santos Silva, da Escola Municipal de Educação Especial Rodolfo Schlieper. Toda a cerimônia contou com a presença da intérprete de libras, Keli dos Santos.

Orquestra da Escola Neusa Mari Pacheco – CIEP
Intérprete de Libras, Keli dos Santos

A idealizadora da semana Marina Susin Siota, é fisioterapeuta por formação, possui também especialização em fisioterapia neurofuncional e um mestrado na área de inclusão social e acessibilidade. Por ter essa formação, sempre vivenciou as dificuldades pelas quais passam seus pacientes após uma sessão de fisioterapia. Essa curiosidade em conhecer o ambiente em que estão inseridos e entender as principais dificuldades de seus pacientes no dia a dia acabaram se tornando sua grande motivação para construir algo próximo. “Foi um dos grandes motivos para tirar a ideia do papel e transformar o projeto da Semana em realidade”, ponderou Marina. Para ela, o evento é realizado para educar nós todos, enquanto cidadãos, pois o tema do evento diz “a prática da empatia pela pessoa com deficiência”, que esta semana nos torne pessoas mais amorosas, mais gentis, para que de fato se construa a verdadeira inclusão, seja no contexto cultural, educacional, ambiental, para que sejamos seres humanos melhores. “Com este evento faremos história”, finalizou.

Marina Siotta

O professor Guilherme Drago, representante da diretora da UCS – Campus Hortênsias, professora Margarete Lucca, destacou que a UCS é uma universidade comunitária e este evento é de suma importância para as transformações da sociedade e por isso o apoio institucional na semana.

Guilherme Drago

Jonas Ludwig da Associação das Pessoas com Deficiência de Canela (ACPDF) destacou que acessibilidade contempla cadeirantes, terceira idade, mãos com bebês nos carrinhos, dentro outros públicos. “Queremos ousar e quem sabe no futuro tornar a cidade um exemplo em acessibilidade”.

Jonas Ludwig

O secretário de Educação, Esporte e Lazer, Gilberto Tegner destacou a importância em debater o tema acessibilidade e inclusão. “Quando recebi os organizadores na secretaria, me dei conta que o espaço não era acessível, trabalhamos e tornamos o local melhor e aos poucos estamos ampliando para as escolas”, falou.

Gilberto Tegner

Ângelo Sanches, secretário de Turismo e Cultura lançou um desafio para Canela que vem se destacando no bem receber das pessoas. “Somos referência no turismo de natureza, gastronomia e cultura, e precisamos avançar, quebrar paradigmas. Criamos na Secretaria de Turismo uma campanha e vamos solicitar a todos os restaurantes, hotéis, pousadas, parques e atrativos turísticos, que em 60 dias comece a se adaptar com acessibilidade em seus estabelecimentos. Se falamos em inclusão, precisamos agir”,

Ângelo Sanches

O prefeito em exercício, Gilberto Cezar falou da importância do evento que discutirá com toda a sociedade como caminhar para trabalhar e vencer o desafio histórico de incluir as pessoas com necessidades especiais, que devem ter seus potenciais desenvolvidos como pessoas e profissionais.

Gilberto Cezar

Marquinhos Lang, presidente da Fundação de Atendimento ao Deficiente e ao Superdotado do Rio Grande do Sul (FADERS), ex-deputado contou contou sua história de vida, seu grande sonho era ser militar. Prestou concursos para isso e conseguiu ingressar no Corpo de Bombeiros em 1989. No ano de 1997, durante um treinamento da corporação, caiu de uma altura de 10m. Ficou 20 dias em coma e teve que encarar uma nova vida. A partir dali o bombeiro, jogador de futebol, apaixonado por esportes, que não tinha vícios passou a andar em uma cadeira de rodas, pois estava paraplégico. Junto com a paraplegia surgiu um novo Marquinho, que de jogador passou a ser técnico dos times; que de bombeiro tornou-se líder comunitário e continuou a salvar vidas dividindo suas experiências. “Os direitos estão garantidos na Constituição Federal de 1988 e o país tem uma das legislações mais avançadas sobre os direitos das pessoas com deficiência, mas é preciso que a inclusão aconteça no dia a dia. A consciência social de que as pessoas com deficiência têm potencialidades e têm direitos a ter acesso igualitário é o que precisamos transformar em realidade”, ponderou.

Marquinhos Lang

Programação Oficial

22 de agosto, quinta-feira

Horário: 9h30min

Atualizações em educação especial

Palestrante: Ma. Ana Rosimeri Cunha

Local: Salão da Escola Rodolfo Schlieper
e APAE

Horário: 14h

Educação inclusiva

Palestrante: Ângela Maria Perotto de Oliveira
Local: Auditório UCS Campus Hortênsias

23 de agosto, sexta-feira

Horário: 10h

Acessibilidade para usuários de cadeiras de rodas em estabelecimentos comerciais: o caso de cidades turísticas da Serra Gaúcha

Palestrante: Bruna Ghesla Wolff
Local: Colégio Marista Maria Imaculada

Horário: 14h

Tecnologias Assistivas para a Educação

Palestrante: PhD Regina de Oliveira Heidrich

Local: Escola Estadual de Educação Básica Neusa Mari Pacheco

24 de agosto, sábado

Horário: 9h30min às 11h

Inclusão: um desafio possível! A diversidade inclui você.

Palestrante: ONG Caminhadores
Local: Sesi

Horário: 14h às 17h

Inclusão: um desafio possível! A diversidade inclui você.

Palestrante: ONG Caminhadores

Local: Parque do Caracol

25 de agosto, domingo

Horário: 9h30min às 11h

Meditação, Tai Chi Chuan, Yoga

Palestrante: Meditação para todos, Pa-Kua, Kaiut Yoga

Local: Praça João Corrêa (em caso de chuva será transferido para o Centro de Feiras)

Horário: 14h às 16h

Vivência SkateAnima

Palestrante: StudioNeuro

Local: Parque do Lago (em caso de chuva será transferido para o Parque do Sesi)

Horário: 17h

Show Vencendo Limites com Banda Muitos Outros (Instituto Acessibilizar)

Local: Praça João Corrêa (em caso de chuva será transferido para o Espaço Canela Rural, junto ao Centro de Feiras)

26 de agosto, segunda-feira

Horário: 09h30min

Conversando sobre Doenças Raras e ELA

Palestrante: ARELA-RS

Local: Unidade Básica de Saúde Francisco Jaques Gil

Horário: 11h30min

Inclusão no Trabalho e na Aprendizagem Profissional

Palestrante: João Pedro Lopes Jacobi

Local: Reunião almoço com Associação Comercial e Industrial de Canela (ACIC)

27 de agosto, terça-feira

Horário: 8h30min

Conversando sobre Acessibilidade e Inclusão

Palestrante: Associação Canelense de Pessoas com Deficiência Física (ACPDF) de Canela

Local: EMEF Santa Terezinha

Horário: 14h

Acessibilidade na unidades da FIERGS-SESI-SENAI: Um case de Sucesso

Palestrante: Me. Tiago Bitelo da Silva e Rotechild Prestes

Local: Câmara de Vereadores de Canela

28 de agosto, quarta-feira

Horário: 14h

Desfile de encerramento do evento com a presença da Banda Marcial Rodolfo Shlieper.

Local: da Igreja Matriz até a Praça Central de Canela

* Durante o evento também ocorrerão oficinas sensoriais na Praça João Corrêa e atividades de conscientização nos estacionamentos do município.

Mais informações:

Marina Susin Siota, idealizadora: (54) 9 9925.7066

Jonas Ludwig, ACPDF: (54) 9 8114.7590

Last modified: 22/08/2019

Comments are closed.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support