Prefeitura Municipal de Canela

Novo decreto suspende atividades não essenciais

21/03/2020

O prefeito Constantino Orsolin assinou, agora pela manhã (21), o decreto nº 8.708, que suspende por 15 dias, em razão do novo coronavírus, atividades econômicas, sociais e turísticas consideradas não essenciais. Na norma, não entram clínicas de saúde, laboratórios, drogarias e farmácias, além de clínicas odontológicas para serviços de urgência e emergência.

Serviços do comércio que prestam apoio às necessidades da população podem atuar em regime de plantão, evitando atendimento ao público. Isso porque há situações como a pessoa quebrar sua armação de óculos e precisar do conserto para enxergar, como também no caso de quebra de encanamento. Para situações dessa natureza e semelhantes, o comércio pode disponibilizar telefone de plantão.

Na área de serviços e comércio, restaurantes, lanchonetes e afins só podem funcionar com tele-entrega. Serviços de manutenção de telefonia, comunicação, transmissão e processamento de dados; mercados e comércios que atendem a população em necessidades básicas, como postos de combustíveis, gás, água e serviços funerários podem permanecer abertos, desde que respeitem as orientações sanitárias.

NOVAS HOSPEDAGENS

O decreto nº 8.708 proíbe novas hospedagens em hotéis, pousadas, incluindo os aluguéis por temporada solicitados por aplicativos e sites. Ônibus, micro-ônibus, vans, veículos de aluguel e os de aplicativos, exceto os que comprovem efetiva necessidade de entrar em Canela, também estão proibidos.

A prioridade do Município é manter o atendimento na área da saúde. Confira o decreto nº 8708, na íntegra, em https://bit.ly/3al88nX.

Last modified: 21/03/2020

Comments are closed.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support