Prefeitura Municipal de Canela

Prefeitura e Susepe assinam termo de cooperação para uso de mão de obra de apenados

12/02/2020

A Superintendência dos Serviços Penitenciários (SUSEPE) e a Prefeitura Municipal de Canela assinaram Termo de Cooperação Excepcional visando a utilização de mão de obra de apenados. Com a oficialização do termo, apenados do Presídio Estadual de Canela e Instituto Penal de Monitoramento Eletrônico da 7ª Região, iniciaram na terça-feira (11), atividades na área urbana do município.

O termo prevê que a atividade prisional será de até oito horas diárias, não ultrapassando 40 horas semanais, de segunda a sexta-feira, nas atividades de roçada, capina, conserto de calçada, pintura, entre outras atividades dessa espécie.

O secretário de Obras, Luiz Cláudio da Silva enfatizou a importância do uso de mão de obra prisional para a ressocialização dos apenados. “Além disso, eles poderão nos auxiliar numa demanda muito grande e que precisa ser realizada sempre, que é a capina”, enfatizou.

Estiveram presentes na assinatura do acordo o prefeito Constantino Orsolin, o secretário de Obras, Luiz Cláudio da Silva, a diretora do Presídio de Canela, Vivian Minato, a assistente social, Sabrina Vidal Pereira, além do chefe de segurança, Eduardo Araujo Vieira, ambos da casa prisional.

Na ocasião, os apenados que já iniciaram as atividades receberam os uniformes e o equipamento de proteção individual.

“Além de propiciar a recuperação dos indivíduos, este termo representa também um trabalho de grande alcance social, pois conta com a ajuda dos apenados para a manutenção dos serviços de limpeza e recuperação da cidade, criando a oportunidade de reinserção social e no mercado de trabalho, construindo uma sociedade mais justa”, afirmou o prefeito.

Como funcionará a parceria

A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) recrutará e disponibilizará a mão de obra de até dez apenados recolhidos nos regimes semiaberto e aberto da casa penal situada no município. A Susepe também fica responsável por calcular a remuneração de cada apenado e por fiscalizar o cumprimento do convênio. Os apenados selecionados terão a devida autorização da Vara de Execução Criminal competente.

A Prefeitura de Canela se responsabiliza pelos uniformes e equipamentos de proteção individual (EPI’s) necessários para a execução das atividades dos apenados, além de fornecer o maquinário adequado para as funções. O órgão também treinará e fiscalizará o trabalho dos presos, devendo reportar a Susepe qualquer fato que descumpra as cláusulas do termo.

A remuneração que os apenados receberão é equivalente a 75% do salário-mínimo nacional vigente.

Last modified: 12/02/2020

Comments are closed.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support