Prefeitura Municipal de Canela

Campanha Nacional contra o Sarampo quer vacinar adultos jovens em Canela

13/11/2019

As unidades básicas de saúde de Canela passam a se mobilizar para a Campanha Nacional contra o Sarampo. A partir de segunda-feira (18), as UBS dos bairros Canelinha, Santa Marta, Leodoro de Azevedo e São Luiz, além do Centro Materno Infantil, passam a oferecer a aplicação da vacina da tríplice viral (contra sarampo, rubéola e caxumba).

O horário de funcionamento das UBS’s para vacinação é das 7h15 às 11h30 e das 13h às 16h30. O foco da campanha é o público entre 20 e 29 anos, e também será revisada a carteira de vacina. Ainda, se necessário, será aplicado mais um reforço do sarampo ou adequação do calendário vacinal.

A campanha contra o sarampo se faz devido ao alto número de casos no Brasil e no Rio Grande do Sul, onde há 25 casos com pessoas de diferentes idades e diferentes regiões, com 23 casos somente na Região Metropolitana.

O sarampo é uma doença viral aguda, similar a uma infecção do trato respiratório superior. É grave, principalmente em crianças menores de cinco anos, e em desnutridos e imunodeprimidos.

A transmissão do vírus ocorre a partir de gotículas de pessoas doentes ao espirrar, tossir, falar ou respirar próximo de pessoas sem imunidade contra o vírus. Por isso, a participação do público-alvo é de extrema importância, visto que a vacinação pode controlar que o sarampo se espalhe.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que não acontecerá vacinação nas comunidades rurais, devido ao registro da vacina ser obrigatório no Sistema de Registro de Vacinas do Ministério da Saúde, que hoje é todo informatizado e deve acontecer concomitantemente à aplicação.

No dia 30 de novembro, o Dia D da campanha, todas as UBS’s (exceto a Central) estarão abertas das 8h ao meio-dia e das 13h às 16h. “É importante que as pessoas se vacinem. Estamos numa região turística, e o contato com muitas pessoas de fora pode favorecer o contágio, principalmente para quem trabalha muito com o público visitante”, diz o secretário de Saúde Vilmar Santos.

Last modified: 13/11/2019

Comments are closed.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support