Prefeitura Municipal de Canela

Festa Colonial: o sabor dos produtos que vem do interior

23/07/2018

Fotos: Eduardo Idalino e Rafael Zimmermann

Uma mostra do que a colônia produz de melhor, na cidade. É a 25ª edição da Festa Colonial de Canela, que acontece até domingo (29), no Espaço Canela Rural, ao lado do Centro de Feiras.
A Festa Colonial integra os produtores rurais com toda comunidade local e os visitantes, além de ser uma maneira de aumentar a renda dos agricultores, através da comercialização direta, é também uma oportunidade de se conhecer toda a diversidade de produtos coloniais produzidos no município, os costumes e tradições das famílias rurais.
O evento conta com espaços que oferecem gastronomia típica, produtos agrícolas e da agroindústria, como geleias, salames e licores. Entre os produtos que mais fazem sucesso na Festa estão os bolinhos de batata, as cucas e os pães que saem quentinhos de fornos artesanais. O evento conta ainda com uma vasta programação cultural, envolvendo danças típicas e música.

A Festa Colonial é uma promoção da Prefeitura, através das Secretarias da Fazenda e Desenvolvimento Econômico, Obras, Serviços Urbanos e Agricultura e Turismo e Cultura; Emater; Sindicato dos Trabalhadores Rurais e apoio da Associação de Micro e Pequenas Empresas de Canela – AMPEC e Vinícola Granja da Telha.

Esbanjando simpatia

No domingo (21), o Tenor Evandro Martins e sua filha Johanna subiram ao palco da Festa Colonial para sua apresentação. O destaque ficou com a pequena Johanna que em sua pouca idade revela seu carisma e talento diante do público. A sua habilidade natural é aliada a disciplina musical, criatividade, educação e bom humor.
Em sua simplicidade já detém sabedoria e preocupação com o bem-estar de seres humanos, sejam pessoas ou animais.
Johanna Martins, é cantora mirim, mas ao lado de seu pai Evandro parecia gente grande e empolgou o público.

Um alambique e muitas histórias

Tão boa quanto as cachaças produzidas por Manoel Borba de Oliveira é a história do alambique, que se mistura com a sua própria trajetória de vida. Depois de trabalhar 18 anos na cidade, Seu Manoel – como é conhecido – se aposentou e voltou para o interior do município. Com 56 anos, a dúvida apareceu: o que fazer do seu tempo livre? Aproveitando uma fase de elevação no turismo rural e considerando que não havia cachaçaria em Canela, surge, em 1999, o Alambique do Manoel. “Eu não sabia nada. Fui aprendendo na escola da vida”, conta. Assim, ele pesquisou junto a outros produtores e teve orientação de técnicos trazidos pela Emater para dar seguimento ao negócio.

E as inovações não pararam. Da cachaça pura e envelhecida em barril de carvalho, o produtor também apresenta as cachaças com sabores de frutas, todos criados por ele e que estão em seu estande na Festa Colonial deste ano.

A filha Rafaela e o genro Juliano Cletes de Moraes são quem trabalham no estande atualmente, oferecendo aos canelenses e turistas, além das cachaças com sabores, as tradicionais caipiras de limão, uva e mel.

“Estamos com uma boa saída de produtos neste evento, geralmente a partir de quinta feira o fluxo começa a aumentar e consequentemente as vendas sobem também”, fala Rafaela.

Visão e empreendedorismo nas famílias

Pães e cucas feitos na hora e comercializados ainda quentinhos é o que oferecem as famílias Chaulet e Martins há mais de cinco anos na Festa Colonial. O casal Soli Martins de Oliveira e Gabriela Strey Chaulet são os responsáveis pela união destas famílias, eles casaram e uniram o útil ao agradável. “Melhor trabalharmos unidos do que cada um fazendo e assando os seus produtos” relatam.

A tenda das duas famílias este ano, tem um orgulho a mais de estar no evento, pois a filha do casal, Viviane é uma das soberanas da festa. “Ela nos ajuda de segunda e terça e de quarta a domingo, assume o seu papel de segunda princesa, e isso muito nos orgulha” conta a mãe Gabriela.

Após a Festa Colonial, Viviane e Gabriela continuam oferecendo pães e cucas todos os sábados, no mesmo local.

Festival de Intérpretes

O 1º Festival de Intérpretes tem sua eliminatória na terça-feira (24), a partir das 19h, no Espaço Canela Rural. Vinte candidatos disputam vagas para a final, na sexta-feira (27), em três categorias: Kids – 7 a 13 anos, Sertanejo – a partir de 14 anos e Música Tradicionalista – a partir de 14 anos.

Os concorrentes são de Canela, Gramado, Capão da Canoa, Igrejinha, Farroupilha e Campo Bom e serão julgados por: João Carlos dos Santos, Ataliba Gaiteiro, Jonas Santos, Glaiton Cunha, Palito Batera e Cris Souza.

Feira de Inverno

O público da Festa Colonial conta com mais uma atração. Ao lado do Espaço Canela Rural, no Centro de Feiras, acontece a Feira de Inverno, promovida pela AMPEC. O público pode conferir os produtos do setor moveleiro, artesanato e decoração, roupas e acessórios, chocolates caseiros e stands de diversos outros setores, como biscoitos e livros. A Feira de Inverno segue até 5 de agosto, das 11h às 21h, no Centro de Feiras.

PROGRAMAÇÃO FESTA COLONIAL

Segunda 23/07
18h – Os Camponeses

Terça 24/07
14h – Pequenos Fandangueiros
18h – Tiago e Grupo
19h – 1º Festival de Intérpretes – Elininatórias

Quarta 25/07
20h – Amantino e Grupo Badalação
18h – Bruno Rauber e Emílio Fogaça
17h – Pedro e Seu Conjunto
15h30 – DTG Amigos Estancieiros
14h – Peça Teatral – Cia Goliardos

Quinta 26/07
15h – DTG Laço de Amizade
17h – Marcelo J. Frank
18h30 – Cássio Amaral Grupo Sempre Campeiro
20h – Kiko Corrêa

Sexta 27/07
13h30 – Peça Teatral – Cia Goliardos
14h30 – Ilhapa Gaúcha
17h – Os Camponeses
18h – Zé Nunes e acompanhantes
19h – 1º Festival de Intérpretes – Final
20h – ACR3

Sábado 28/07
13h – Grupo Pampa e Vanera
15h – Amaranto e seu conjunto
17h – Grupo Pontezuela
19h – Banda Deutsch Company
18h – Jeito Serrano
20h – Cássio Amaral Grupo Sempre Campeiro

Domingo 29/07
14h – Kiko Corrêa
16h – Amantino e Grupo Badalação
18h – The Vaneira
20h30 – ACR3

* Programação sujeita a alterações

Last modified: 23/07/2018

Comments are closed.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support